sábado, 30 de outubro de 2010

Harmonização de vinhos...

Olha, pode falar que isso é rancor de ignorante que não entende nada do assunto, mas essa coisa de fazer carnaval em cima de vinhos, com cursos que custam R$ 3.500,00 por 5 dias, programa em rádio e esse papo sobre harmonização que já contaminou até as cervejas e pingas, pra mim, é uma tremenda falta de coisa mais séria pra fazer.

Hobby de alguns? Tudo bem, aceito. Pra gente desanuviar tem mais que se ocupar com coisas ditas "fúteis" de vez em quando mesmo. Mas ontem eu achei o cúmulo do absurdo da cabacice quando, ao ouvir um programa de rádio sobre vinhos na CBN, sim, claro, com aquele tiozinho entojado da Globo, a mocinha apresentou sua angústia enorme pois havia cometido um erro terrível num restaurante francês! Ela e o marido escolheram uma garrafa de vinho antes de escolherem o prato e, OH!, um escolheu um carré de cordeiro e o outro um camarão à provençal!!!! MEU DEUS!!! E AGORA??? Como harmonizar o vinho com uma carne vermelha e frutos do mar AO MESMO TEMPO??? A fofa disse que foi uma "situação embaraçosa".

Ah, me poupe!!!! Tanta coisa melhor pra se preocupar. Eu, quando vou ao restaurante, acabo terminando meu drink junto com o prato porque demoro pra terminar o copo. Vou ser banida dos lugares? Terei minha foto distribuída para evitar que me deixem entrar em lugares bacanudos porque não sei combinar bebida com prato? E agora que não como mais carne vou ter que consultar um especialista para saber o que harmoniza melhor com proteína de soja? Quem sabe Cidra Cereser, né minha gente?

A coisa mais sábia que já ouvi sobre vinhos foi o seguinte: vinho bom é aquele que você gosta. Sem essa de ter que ser caro, safra tal, com uva tal... se você gosta de um vinhozinho que tem lá no mercado onde você costuma fazer compras, esse é o melhor vinho pra você! E você pode tomar com lasanha, mortadela, bolinho de soja, miojo, sorvete...

Pessoas que perdemos pelo caminho

Para uma pessoa que se lamenta por querer seu telefone tocando mais vezes e ter muitos amigos em volta constantemente, não entendo como posso deixar escapar da minha vida algumas pessoas sensancionais. Bestamente.

Um telefonema que esqueço de dar, um convite que não atendo e assim, de pouquinho em pouquinho, aquela pessoa super bacana já não me procura mais porque eu não mostrei a atenção que deveria. E é impressionante como as falhas acabam recaindo sempre nessa mesma pessoa pra que o afastamente termine por se concretizar.

Foram colegas de colégio, faculdade, trabalho... o jeito é tomar cuidado pra não perder as pessoas incríveis que estão comigo agora.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Living Graves

Só podia mesmo ter "ganhado" esse poema daquela que é uma amiga mais que amada e querida e irmã! Obrigada minha linda! Esse poema é maravilhoso!

LIVING GRAVES
George Bernard Shaw (1856-1950)
We are the living graves of murdered beasts,
Slaughtered to satisfy our appetites.
We never pause to wonder at our feasts,
If animals, like men, can possibly have rights.
We pray on Sundays that we may have light,
To guide our footsteps on the path we tread.
We’re sick of War, we do not want to fight –
The thought of it now fills our hearts with dread,
And yet – we gorge ourselves upon the dead.
Like carrion crows, we live and feed on meat,
Regardless of the suffering and pain
We cause by doing so, if thus we treat
Defenseless animals for sport or gain,
How can we hope in this world to attain
The PEACE we say we are so anxious for.
We pray for it, o’er hecatombs of slain,
To God, while outraging the moral law.
Thus cruelty begets its offspring – WAR.

Eu AMO Palavra Cantada

Já gostava deles antes mesmo de conhecer o amor da minha vida 1. Conheci o Palavra Cantada quando minha sobrinha mais velha era criança e ali mesmo já comecei a colecionar os CD's deles. Agora, com o amor da minha vida 2, a coleção aumentou ainda mais, graças aos presentes da dinda Célia. O DVD deles não para de rodar, quando não por pedidos do Tato, por minha vontade mesmo - não tenho achado nada de útil na TV ultimamente.

Pois bem, nesses últimos DVD's conheci a música Pé de Nabo. Me fala se ela não diz tudo? Se não é uma fofura e dá uma alegria, se não faz a gente pensar "puxa, é mesmo né?".

Pé de Nabo
Palavra Cantada

Ser assim é uma delícia
Desse jeito como eu sou
De outro jeito dá preguiça
Sou assim pronto e acabou

A comida de costume
Como bem e não regulo
Mas tem sempre alguns legumes
Que eu não sei como eu engulo

Brincadeira, choradeira,
Pra quem vive uma vida inteira
Mentirinha, falsidade,
Pra quem vive só pela metade

Quando alguém me desaponta
Paro tudo e dou um tempo
Dali a pouco eu me dou conta
Que ninguém é cem por cento

Seja um príncipe ou um sapo
Seja um bicho ou uma pessoa
Até mesmo um pé-de-nabo
Tem alguma coisa boa


Um adendo: em minhas broncas de brincadeira, minha ameaça ao Tato é que, se ele não se comportar, vou comprar o DVD Xuxa para baixinhos pra ele!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Daí que quando você viaja e seu filho não liga a mínima pra você porque está se divertindo com TODAS AS OUTRAS PESSOAS e não te chama nenhuma vez, chateia sim. Chateia porque a mãe não deixa de ser mãe e de se preocupar com tudo sobre seu filho, e logicamente sobram pra ela todas as tarefas chatas e que ele detesta parar de brincar pra cumprir, como tomar banho, tomar xarope, almoçar na hora certa, passar protetor solar, usar chapéu, tomar água, tomar suco.

Depois de cumpridas, lá vai ele se desvencilhando da mãe e correndo brincar com todos... menos ela.

fazendo jus ao nome do blog

Pequenos veneninhos que jorram da minha cuca em dias azedos:

- Só eu acho que a Willow Smith tem/terá sérios problemas de egocentrismo, arrogância, prepotência, relacionamento e que não é nada gracinha uma menina de 9 anos se montar daquele jeito e nego achar a menina uma diva? Além disso, acho que dá pra acrescentar uma aneurexia precoce na lista de problemas dela. Só concordo com uma coisa: segundo Katylene, a pequena beterraba é resultado do cruzamento de Lady Gaga com Neymar;

- Tammy di Calafiori parece nome de perfume de pobre, desses que você só encontra em farmácia. Do interior;

- Já Taila Ayala parece refrão de musiquinha de acampamento. tailaialalalala,tailaialelele, tailaialilili...

- Naonde que nego acha que é ação promocional pra uma empresa convidar um bando de celebridades creyças pra camarote de show? Fosse eu uma picuda de algum cargo, enchia o camarote de funcionário que rala o ano todo. Todo mundo iria trabalhar mega feliz e aposto que daria um puta retorno de mídia do mesmo jeito, senão maior ainda.